Sefa fecha cinco estabelecimentos comerciais

Cinco estabelecimentos comerciais em Santarém não tinham inscrição estadual. Os fiscais realizam operação de fiscalização no comércio varejista de Santarém e Itaituba. A ação prossegue até a próxima sexta, 27. Os agentes apreenderam um talonário fiscal, um equipamento emissor de cupom fiscal (ECF) e 35 máquinas “pontos de venda” do tipo POS”. Em Itaituba, 17 ECF e um talonário de nota fiscal com prazo de validade vencido foram apreendidos em meio a 71 estabelecimentos visitados.

Imprimir

O diretor de fiscalização da Sefa, Célio Cal Monteiro

SANTARÉM – Auditores e fiscais da Secretaria Estadual da Fazenda (Sefa) fecharam, até agora, cinco estabelecimentos comerciais em Santarém por não terem inscrição estadual. Eles realizam operação de fiscalização no comércio varejista de Santarém e Itaituba, no oeste paraense. A ação prossegue até a próxima sexta, 27.

Os agentes apreenderam um talonário fiscal, um equipamento emissor de cupom fiscal (ECF) e 35 máquinas “pontos de venda” do tipo POS”. Em Itaituba, 17 ECF e um talonário de nota fiscal com prazo de validade vencido foram apreendidos em meio a 71 estabelecimentos visitados.

Pela legislação tributária, somente empresas com faturamento bruto anual acima de R$ 120 mil podem utilizar o ECF. Já os POS podem ser utilizados apenas por restaurantes e postos de combustíveis. A operação, que verifica a regularidade fiscal dos estabelecimentos e o correto uso de documentos fiscais, conta com 18 servidores da fazenda pública, sendo que 13 se deslocaram da capital.

De acordo com o diretor de fiscalização da Secretaria da Fazenda, Célio Cal Monteiro, “a estratégia da Secretaria é reforçar as equipes que já existem nos dois municípios”. Ele informou, ainda, que a operação foi realizada obedecendo o cronograma de ações fiscais elaborado pela Diretoria de Fiscalização e que contempla unidades fiscais nas várias regiões do Estado do Pará. (Com informações do Secom)

 

 

Leia também:
Senado aprova fim das coligações partidárias…
Senador paraense preside CPI do HSBC
O maior colecionador de plantas frutíferas
Advogado suspenso por fraude processual
Protestos contra hidrelétricas! E a garimpagem industrial?…

 

 

 

Imprimir

Deixe um comentário

Current month ye@r day *