Encontro discute a criação do polo gastronômico de doces de Alter do Chão

A Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará (Codec), em parceira com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), fez nesta semana, um encontro com cerca de 40 pessoas ligadas à produção de doces em Alter do Chão. Foi discutida a criação do Polo Gastronômico de Doces de Alter do Chão e fornecidas informações e capacitação para a abertura de empresas ligadas à atividade na região. A parceria com a Codec e Câmara de Vereadores possibilitará o desenvolvimento do Polo Gastronômico, que será instalado na região.

Imprimir

Foi discutida a criação do Polo Gastronômico de Doces de Alter do Chão e fornecidas informações e capacitação para a abertura de empresas ligadas à atividade na região.

SANTARÉM – A Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará (Codec), em parceira com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), fez nesta semana, um encontro com cerca de 40 pessoas ligadas à produção de doces em Alter do Chão.

Foi discutida a criação do Polo Gastronômico de Doces de Alter do Chão e fornecidas informações e capacitação para a abertura de empresas ligadas à atividade na região. Segundo a gerente de Novos Negócios da Codec, Lucélia Guedes, o evento foi de sensibilização e aprendizado.

“Trouxemos uma consultora especialista em gastronomia e fizemos uma abordagem sobre microempreendedorismo individual às doceiras da região. Elas também tiveram a chance de dar início ao processo de abertura das próprias empresas”, explicou.

A partir dessas informações, as doceiras, que antes trabalhavam de maneira informal, já puderam preencher os formulários para a abertura das empresas como Microempreendedor Individual (MEI).

Segundo o gerente regional do Sebrae, Michell Martins, a parceria com a Codec e Câmara de Vereadores possibilitará o desenvolvimento do Polo Gastronômico, que será instalado na região.

“Trabalharemos o processo produtivo focado em desenvolvimento de novos produtos, melhoria dos já existentes e redução dos desperdícios. No lado da gestão, aprimoraremos a busca por novos mercados, controles básicos e formação de preço”, completou. (Com informações da Secom)

 

 

 

Leia também:
Conta de luz volta ter acréscimo em novembro
Mário Tanaka, da Emater, é ‘Servidor Nota 10′
Escola São Raimundo suspende ensino médio…
O grileiro dos Jardins
Imprimir

Deixe um comentário

Current month ye@r day *