MRN eleita a melhor empresa de mineração

A revista Brasil Mineral, uma das mais tradicionais e relevantes publicações do setor, elegeu a Mineração Rio do Norte (MRN) como melhor empresa brasileira de mineração no segmento minerais não ferrosos pelo segundo ano consecutivo. A Mineração Rio do Norte (MRN) é a maior produtora brasileira de bauxita, matéria-prima do alumínio. Uma empresa constituída por uma associação de empresas nacionais e estrangeiras que desde 1979 opera em plena Amazônia, no oeste do estado do Pará. Seu negócio é extrair, beneficiar e comercializar bauxita. A solenidade de premiação reuniu executivos das principais empresas brasileiras de mineração e representantes de entidades setoriais.

Imprimir

Silvano Andrade (esq.), diretor presidente da MRN, recebeu o troféu das mãos de Eduardo Ledsham, diretor presidente do Serviço Geológico do Brasil (CPRM).

SÃO PAULO –  A revista Brasil Mineral, uma das mais tradicionais e relevantes publicações do setor, elegeu a Mineração Rio do Norte (MRN) como melhor empresa brasileira de mineração no segmento minerais não ferrosos pelo segundo ano consecutivo.

O diretor presidente da MRN, Silvano Andrade, participou da solenidade de premiação, realizada no último dia 4 de maio, no escritório da Pinheiro Neto Advogados, na cidade de São Paulo. O troféu da MRN foi entregue por Eduardo Ledsham, diretor presidente do Serviço Geológico do Brasil (CPRM).

A solenidade de premiação reuniu executivos das principais empresas brasileiras de mineração e representantes de entidades setoriais. Em seu discurso de agradecimento, Silvano Andrade destacou o prêmio como mais uma conquista que reflete a sinergia e a dedicação de todos os empregados e parceiros da MRN, maior produtora brasileira de bauxita (matéria-prima do alumínio).

A Mineração Rio do Norte (MRN) é a maior produtora brasileira de bauxita, matéria-prima do alumínio. Uma empresa constituída por uma associação de empresas nacionais e estrangeiras que desde 1979 opera em plena Amazônia, no oeste do estado do Pará. Seu negócio é extrair, beneficiar e comercializar bauxita.

 

 

 

Leia também:
Seduc organiza concurso para professor
Nélio regulariza dívida com INSS e tira…
Valkirias & Amazonas: século XXI. Por Madson…
Novo procurador-geral de Justiça do Pará…
Iterpa cria assentamento em Juruti e Aveiro
Imprimir

Deixe um comentário

Current month ye@r day *