Ministério da Integração autoriza R$ 89 mil para ações emergenciais em Monte Alegre

O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, assinou ontem, dia 17, portaria que autoriza a liberação de R$ 89 mil para o município paraense de Monte Alegre, no oeste do Pará, atingido por enxurradas. Do total de recursos, R$ 45 mil são para garantir o aluguel social a 30 famílias durante o período de 90 dias. Outros R$ 25 mil vão garantir a limpeza urbana da cidade e mais R$ 19 mil serão destinados à aquisição de 100 kits de alimentação e outros 100 kits de limpeza.

Imprimir

O município paraense de Monte Alegre, no oeste do Pará, atingido por enxurradas.

BRASÍLIA – O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, assinou ontem, dia 17, portaria que autoriza a liberação de R$ 89 mil para o município paraense de Monte Alegre, no oeste do Pará, atingido por enxurradas. A medida foi tomada durante reunião com equipes técnicas da Pasta, na sala de monitoramento do Ministério, em Brasília (DF).

Do total de recursos, R$ 45 mil são para garantir o aluguel social a 30 famílias durante o período de 90 dias. Outros R$ 25 mil vão garantir a limpeza urbana da cidade e mais R$ 19 mil serão destinados à aquisição de 100 kits de alimentação e outros 100 kits de limpeza. A portaria será publicada no Diário Oficial da União (DOU) nos próximos dias.

O reconhecimento federal de situação de emergência do município de Monte Alegre foi publicado na edição de segunda-feira (16) do DOU.

O reconhecimento federal de situação de emergência do município de Monte Alegre foi publicado na edição de segunda-feira (16) do DOU.

MONITORAMENTO A equipe do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), participou da reunião por videoconferência. Na oportunidade, o ministro recebeu informações atualizadas sobre a situação de emergência em municípios atingidos por fortes chuvas e vendavais em Santa Catarina e São Paulo.

Helder Barbalho também conheceu o Painel MI, um sistema de monitoramento utilizado pela Integração Nacional para gerenciamento das políticas públicas voltadas para defesa civil, segurança hídrica, irrigação e desenvolvimento regional.

O ministro destacou a importância da atualização contínua do sistema e de se estabelecer um cronograma periódico de ações.

O objetivo do Painel MI é promover a integração das ações nacionais, o desenvolvimento sustentável e a superação das desigualdades regionais do país, assegurando inclusão socioeconômica, melhoria de qualidade de vida, proteção civil e segurança hídrica da população. (Com informações da Ascom do Ministério da Integração)

 

 

 

Leia também:
Temer e a Casa Grande se iludem. Por Eliana Brum
Delegados federais com cara de tacho. Por…
Justiça quer medidas emergenciais para…
Novas regras para operadoras de plano de saúde…
Servidores do Judiciário fazem paralisação de…
“Vamos fazer um ajuste duro, sem abandonar…
Projeto de Defesa mapeia o chamado vazio…
Imprimir

Deixe um comentário

Current month ye@r day *