Exportar pelo norte começa a ser realidade

O estrangulamento do sistema portuário das Regiões Sul e Sudeste acelerou os planos da iniciativa privada para abrir um novo corredor de exportação, mais curto e até 35% mais barato. Sonho antigo dos empresários do agronegócio, a chamada “saída pelo norte” começou a virar realidade no fim de abril, quando a americana Bunge inaugurou o complexo portuário em Miritituba e Barcarena.

Imprimir

O porto da Bunge em Miritituba.

SANTARÉM – Uma reportagem especial do jornal O Estado de São Paulo, publicada ontem, dia 7,  mostra a mais nova alternativa na logística para exportação de grãos do Centro Oeste do Brasil para o mundo. Os portos da região Norte começa a se consolidar, e incomodar, opções até então tidas como únicas no escoamento deste gigantesco volume de cargas.

Com texto do jornalista Renée Pereira e fotos de Sérgio Castro, a reportagem do jornalão paulista mostra a realidade das novas rotas, os portos, a infraestrutura existente, as transformações e a economia vislumbrada pelos exportadores por esse que revela ser a mais atraente rota na exportação da produção do maior centro produtor de grãos do país.

Veja aqui neste link a reportagem: Exportar pelo norte começa a ser realidade

 

Leia também:
Aprovada regras para criação de municípios
MEC garante recursos para RU na Ufopa
O futuro de transporte fluvial na Amazônia
Rostos da cheia e improvisação

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Imprimir

Deixe um comentário

Current month ye@r day *