Empresa pede autorização da Antaq para instalar porto em praia de Belterra

A LN Guerra Indústria e Comércio de Madeiras, com sede em Belém, protocolou pedido de autorização junto à Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários), para explorar e instalar uma ETC (Estação de Transbordo de Carga) no rio Tapajós em Belterra. A carga a ser movimentada é madeira em tora, serrada e beneficiada. O local para construção da ETC fica entre as praias de Pindobal e Aramanaí, no Porto Novo.

Imprimir

Portal Jeso Carneiro

Praia de Aramanaí, próximo ao porto da LN, em Belterra. Foto: Jeso Carneiro.

BELTERRA – Já há empresa interessada construir um porto no rio Tapajós em Belterra, filão aberto pelo prefeito Doutor Macêdo (DEM).

A LN Guerra Indústria e Comércio de Madeiras, com sede em Belém, protocolou pedido de autorização junto à Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários), para explorar e instalar uma ETC (Estação de Transbordo de Carga).

A carga a ser movimentada é madeira em tora, serrada e beneficiada.

A estimativa do volume de cargas é de 100 mil metros cúbicos de madeira por ano.

O pedido de autorização está protocolado na Antaq desde julho do ano passado.

O local para construção da ETC fica entre as praias de Pindobal e Aramanaí, no Porto Novo.

 

 

 

Leia também:
Avião monomotor cai com 4 pessoas em…
Profissionais de educação infantil participam…
Projeto busca punir desmatamentos ilegais
Helder Barbalho é absolvido pelo TRE
Imprimir

Deixe um comentário

Current month ye@r day *