Vereador pede saída da Cosanpa de Santarém

O vereador Silvio Amorim (PSL) pediu na sessão de hoje, dia 18, mais uma vez, a saída da Cosanpa de Santarém. Segundo o vereador, a Cosanpa está falida, sucateada, e ninguém vai investir numa empresa dessas pra que ela venha a dar resultado. Outro vereador, Henderson Pinto, disse que caso não seja apresentada uma solução para os problemas da falta de água na cidade, ele vai sugerir que a gestão municipal assuma o fornecimento de água para os santarenos. O presidente da Câmara Municipal de Santarém, Reginaldo Campos, informou que a Câmara vem cobrando do Governo do Estado mais atitude por parte da Cosanpa que há anos presta serviço de má qualidade a Santarém.

Imprimir

Para Amorim ninguém aguenta mais a Cosanpa

SANTARÉM – O vereador Silvio Amorim (PSL) pediu na sessão de hoje, dia 18, mais uma vez, a saída da Cosanpa de Santarém. Para Sílvio Amorim, quando dá um problema no abastecimento, “eles vão lá, consertam alguns tubos e daqui a pouco estraga novamente, e lá vem mais reunião, mais bate-papo. Ninguém aguenta mais”.

Segundo o vereador, a Cosanpa está falida, sucateada, e ninguém vai investir numa empresa dessas pra que ela venha a dar resultado.

“Tira a Cosanpa, porque a melhor coisa é colocar uma empresa que faça gestão realmente séria. Não adianta trazer agência reguladora. Pra regular o quê? Regular o ar das torneiras, a falta de água?”, questiona Amorim, acrescentando que existem muitas empresas sérias “e com capacidade para investir, no mínimo, 500 milhões de reais para começar a fornecer água aos consumidores santarenos”.

As críticas à empresa de saneamento estadual começaram quando o vereador Henderson Pinto (DEM), anunciou que ele o presidente da Câmara, vereador Reginaldo Campos (PSC), irão participar, amanhã, dia 19, de uma reunião no Ministério Público Estadual, para discutir a má qualidade dos serviços prestados pela empresa na cidade, especificamente o problema da falta de água e o contrato de concessão da Prefeitura com a Cosanpa.

Henderson Pinto disse que caso não seja apresentada na reunião uma solução para os problemas da falta de água na cidade, ele vai sugerir que a gestão municipal assuma o fornecimento de água para os santarenos. “Pois, afinal, a responsabilidade é do governo do município”, ressalta.

De acordo com o vereador, além dos problemas já existentes, com bairros inteiros ficando sem água, dada a má qualidade dos serviços prestados pela Cosanpa, outros estão existindo. Cita como exemplo, o rompimento de redes adutoras.

A falta d'água é a principal crítica à Cosanpa

Henderson Pinto ressalta que as obras que seriam para ampliação do sistema de abastecimento de água em Santarém, começaram e estão paradas, causando prejuízos à população, tanto com relação ao recurso financeiro, com na falta de melhor qualidade no fornecimento da água.

“Na reunião desta quinta-feira, pela manhã no Ministério Público, se a Cosanpa não apresentar solução para o problema da falta de água em Santarém, vamos pedir a rescisão do contrato da Cosanpa com o município de Santarém”, afirma Henderson.

O presidente da Câmara Municipal de Santarém, Reginaldo Campos, informou que a Câmara vem cobrando do Governo do Estado mais atitude por parte da Cosanpa que há anos presta serviço de má qualidade a Santarém. Lembra que em 2011 foi renovado o contrato por mais 20 anos.

“Já se passaram 5 anos, a Cosanpa fez pequenas melhoras, mas não o suficiente para atender a demanda de Santarém. Os trabalhos de expansão da rede de abastecimento e saneamento básico, que a empresa deveria estar executando dentro do contrato, estão parados”, disse Reginaldo.

Ele acrescentou que a reunião de amanhã é para exigir ações da empresa, “senão vamos cobrar do Município a rescisão desse contrato, pois não podemos continuar com a Cosanpa sem dar a devida atenção para Santarém”. (Com informações da Ascom da Câmara Municipal)

 

 

 

 

Leia também:
Seminário debate projetos na Bacia do Tapajós
Ministério da Integração autoriza R$ 89 mil…
Temer e a Casa Grande se iludem. Por Eliana Brum
Delegados federais com cara de tacho. Por…
Justiça quer medidas emergenciais para…
Novas regras para operadoras de plano de saúde…
Servidores do Judiciário fazem paralisação de…
Imprimir

Deixe um comentário

Current month ye@r day *