Preso, n° 1 do Incra é exonerado do cargo

Ele foi exonerado oficialmente hoje (26) do cargo, 48 horas depois dele ser preso na operação Madeira Limpa, executada pela Polícia Federal. Além de Bacelar, também foi exonerado o servidor Adriano Luiz Minello, chefe da Divisão de Obtenção de Terras da autarquia. Bacelar estava no cargo, desde novembro de 2012, por indicação do deputado federal José Priante (PMDB). O substituto de Bacelar no cargo ainda não foi definido.

Imprimir

Luiz Bacelar Guerreiro Júnior foi exonerado do Incra

Blog do Jeso

SANTARÉM  - Luiz Bacelar Guerreiro Júnior não é mais o nº 1 (superintendente) do Incra, Regional de Santarém.

Ele foi exonerado oficialmente hoje (26) do cargo, 48 horas depois dele ser preso na operação Madeira Limpa, executada pela Polícia Federal.

Além de Bacelar, também foi exonerado o servidor Adriano Luiz Minello, chefe da Divisão de Obtenção de Terras da autarquia.

A portaria de exoneração dos dois foi publicada na edição de hoje do DOU (Diário Oficial da União), com aval da nº 1 do Incra nacional, Maria Lúcia Fálcon.

Bacelar estava no cargo, desde novembro de 2012, por indicação do deputado federal José Priante (PMDB).  O substituto de Bacelar no cargo ainda não foi definido.

Bacelar continua preso na Penitenciária Agrícola de Cucurunã. (Com informações do Blog do Jeso)

 

 

Leia também:
Pecuarista condenado por desmatamento ilegal
Os 4 erros que aparecem a cada escândalo de…
O caso Cunha e Assembleia de Deus: a igreja lava…
Madeireiras irregulares autuadas pela Sema
Operação prende superintendente do Incra
Imprimir

Deixe um comentário

Current month ye@r day *