Médico santareno condenado a 22 anos de prisão por pedofilia e estupro de vulnerável

O médico santareno Álvaro Magalhães Cardoso, acusado pedofilia e estupro de vulnerável, foi condenado a 22 anos de prisão em regime fechado, em sentença proferida hoje, 25, pelo juiz Alexandre Rizzi, da 1ª Vara Criminal de Santarém. Odete Friss Ebertz e Darliane Silva dos Santos, cúmplices do médico, também foram condenadas, ambas a 14 anos de prisão. Álvaro Cardoso está preso em Belém, no Centro de Recuperação do Coqueiro, para onde foi transferido desde o final o mês passado por decisão do Tribunal de Justiça do Pará. As duas mulheres cumprem pena na penitenciária agrícola de Cucurunã, em Santarém.

Imprimir

Portal Jeso Carneiro

O médico Álvaro Magalhães condenação em regime fechado

SANTARÉM -  O médico santareno Álvaro Magalhães Cardoso, acusado pedofilia e estupro de vulnerável, foi condenado a 22 anos de prisão em regime fechado, em sentença proferida hoje, 25, pelo juiz Alexandre Rizzi, da 1ª Vara Criminal de Santarém.

Odete Friss Ebertz e Darliane Silva dos Santos, cúmplices do médico, também foram condenadas, ambas a 14 anos de prisão. O processo tramita em segredo de justiça.

Os 3 estão presos desde o dia 3 de julho deste ano, no âmbito da operação “Anjos da Guarda”, cujo objetivo foi cumprir mandados de busca e apreensão e de prisão preventiva – todos relacionados a abuso sexual de vulnerável, pedofilia e outros crimes de natureza sexual. Os réus devem recorrer da sentença.

Álvaro Cardoso está preso em Belém, no Centro de Recuperação do Coqueiro, para onde foi transferido desde o final o mês passado por decisão do Tribunal de Justiça do Pará.

As duas mulheres cumprem pena na penitenciária agrícola de Cucurunã, em Santarém.

 

 

 

Leia também:
Terminais hidroviários serão construídos em…
Ex-prefeito de Rurópolis, Pablo Genuino, vira…
MPF intensifica atuação contra garimpo ilegal…
Pastoral Social da Paróquia de Fátima promove…
Operação combate tráfico de super-maconha
Imprimir

Deixe um comentário

Current month ye@r day *