Tiago Amorim é o novo técnico do São Francisco

O novo técnico do São Francisco, Tiago Amorim, foi apresentado, na quarta, dia 22, no campo da Estrada Nova, para os jogadores que fazem parte do elenco do leão azul santareno.

Imprimir

O novo técnico do São Francisco, Tiago Amorim, foi apresentado, na quarta, dia 22, no campo da Estrada Nova, para os jogadores que fazem parte do elenco do leão azul santareno.

Tiago Amorim está de volta ao comando do São Francisco depois de dois anos. Em 2010, Tiago foi técnico quando o São Francisco disputava a Segunda Divisão do Campeonato Paraense e foi efetivado como treinador, depois da Saída de Lúcio Santarém. Em 2011 foi treinador do time São Francisco Sub 17.

Para o segundo turno do Campeonato Paraense 2012, a diretoria também trouxe de volta o preparador físico Roni Lameira. A última passagem de Roni pelo São Francisco foi em 2011 quando fez parte da comissão técnica que atuou no início da Segunda Divisão do Campeonato Paraense.

No primeiro treinamento, Tiago Amorim realizou um mini-coletivo para observar as características de cada atleta e implementar um esquema de trabalho. O primeiro desafio do novo treinador será o clássico Rai-Fran, no dia 1° de março, na abertura do segundo turno do Parazão 2012.

 

PESSOAIS O técnico Osvaldo Monte Alegre  pediu demissão e alegou motivos pessoais para justificar a sua decisão, oficializada no dia 20.

O clube chegou a cogitar o nome de Flávio Goiano, mas esbarrou na questão salarial. “Ele pediu muito além do que o clube poderia pagá-lo”, revelou um diretor do clube. Na verdade Osvaldo Monte Alegre deixou o clube devido, principalmente, a atritos com vários jogadores do plantel. Parte dos jogadores demitidos – e depois readmitidos por ordem expressa da diretoria, como foi o caso do atacante Rodrigão – foram sugeridos por ele.

O episódio acabou colocando em xeque a liderança do ex-treinador junto aos atletas.

Osvaldo Monte Alegre foi o responsável pela volta do São Francisco à elite do futebol paraense.

 

RENÚNCIA O presidente do São Francisco Edie Ribeiro, confirmou quarta, dia 22, que Bruno Moura deixou a diretoria azulina ao renunciar o cargo de vice-presidente.
Segundo Ribeiro os afazeres profissionais em sua clínica e no hospital regional, fizeram o vice tomar está decisão. Moura alegou problemas particulares, mas disse que vai continuar colaborando com o São Francisco no que for necessário.

 

Imprimir

Deixe um comentário

Current month ye@r day *