Brasil recebe a Copa América em 2019, mas deixa Norte e Centro-Oeste de fora

A fase de grupos da Copa América vai acontecer entre os dias 14 e 25 de junho. Logo depois, entre os dias 27 e 29, do mesmo mês, vão ocorrer os jogos das quartas de final. O mês de julho, nos dias 2 e 3, acontecem as semifinais. A grande decisão está marcada para o dia 7, com a disputa do terceiro lugar acontecendo no dia anterior. O Brasil só vai jogar no Maracanã, palco da decisão, se chegar até o final. O sorteio que vai definir os confrontos acontece apenas em janeiro de 2019, no dia 24.

Imprimir

As seleções que estarão presentes na Copa América 2019

O Brasil vai ser a sede da Copa América de 2019. Porém, nem todas as regiões do país vão participar da competição, como foi na Copa do Mundo de 2014. O Norte e o Centro-Oeste ficaram de fora das cidades escolhidas para receber os jogos, por conta da falta de estrutura nos locais. Enquanto isso, São Paulo vai contar com duas sedes no torneio. O Morumbi, que também será palco da abertura, e a Arena Corinthians vão receber os jogos das seleções.

Foram escolhidas cinco cidades para o torneio. O Rio de Janeiro vai receber os jogos no Maracanã. Com uma capacidade de quase 79 mil torcedores, o estádio voltará a sediar uma final de torneio. Na Copa de 2014, Argentina e Alemanha disputaram o título mundial e levaram cerca de 74 mil torcedores. A expectativa é que o número seja próximo ou até superior, principalmente se a Seleção Brasileira conseguir chegar na final.

Outro estádio usado na competição da Fifa, e com uma certa história dramática, é o Mineirão, em Belo Horizonte. O palco da inesquecível derrota por 7 a 1 do Brasil foi escolhido novamente para sediar as semifinais de uma competição. Com espaço para 62 mil torcedores, o histórico estádio espera trazer melhor sorte desta vez.

Em São Paulo, duas sedes foram escolhidas. O Morumbi vai ficar com a responsabilidade do jogo de abertura, já que o estádio tem a maior capacidade da região, com 77 mil lugares para torcedores. O outro será a Arena Corinthians, que substituiu o Allianz Parque de última hora, por conta de problemas de agenda. No sul, na cidade de Porto Alegre, o estádio escolhido foi a Arena Grêmio.

A única cidade que vai receber jogos e não fica na região mais rica do país é Salvador. A Arena Fonte Nova, que também recebeu jogos da Copa de 2014, foi confirmada como palco do segundo jogo da Seleção Brasileira no torneio. Ou seja, pelo menos o Nordeste vai poder acompanhar uma partida da equipe de Tite, Neymar e companhia.

Algumas cidades tiveram problemas por terem ficado de fora da competição. Em reportagem divulgada pelo portal Metrópoles, Brasília anunciou que a cidade deve sofrer com um prejuízo de quase 100 milhões de reais. O Estádio Nacional Mané Garrincha foi um dos mais caros da Copa de 2014.

As datas da Copa América

No meio do mês de dezembro, a Conmebol definiu a tabela e os locais dos jogos de todas as seleções classificadas para a Copa América. A Seleção Brasileira vai ser a protagonista da abertura, que acontece no dia 14 de junho, às 21h30, no Morumbi, em São Paulo. Na segunda rodada, como já comentamos, o time vai até Salvador. No último jogo da fase de grupos, o Brasil retorna a São Paulo, porém dessa vez vai jogar na Arena Corinthians, no dia 22.

A fase de grupos da Copa América vai acontecer entre os dias 14 e 25 de junho. Logo depois, entre os dias 27 e 29, do mesmo mês, vão ocorrer os jogos das quartas de final. O mês de julho, nos dias 2 e 3, acontecem as semifinais. A grande decisão está marcada para o dia 7, com a disputa do terceiro lugar acontecendo no dia anterior. O Brasil só vai jogar no Maracanã, palco da decisão, se chegar até o final. O sorteio que vai definir os confrontos acontece apenas em janeiro de 2019, no dia 24.

Brasil conta com apoio da torcida pelo título

Jogando em casa, a Seleção Brasileira vai entrar em campo como principal favorita, segundo a própria comissão técnica. Além disso, os números do portal da Betway, no dia 18 de dezembro, também confirmam esse favoritismo. O Brasil tem 38,2% de chance de sair da competição campeã. A equipe se coloca à frente de Argentina, Chile e Uruguai, outros candidatos em alta.

O principal triunfo do time ainda é a boa campanha pós-Copa. A equipe de Tite realizou seis jogos amistosos e venceu todos eles. Ou seja, com 100% de aproveitamento parece pronta para o primeiro teste. Além disso, nesses jogos, venceu os rivais Argentina e Uruguai.

Seja para apagar o ano ruim em 2018 ou então apenas como preparação para o Mundial de 2022, a Seleção chega com certa responsabilidade no torneio. Porém, não deve faltar apoio e torcedores na arquibancada durante a busca pelo título de campeão da Copa América.

 

 

 

Leia também:
Coração silencia a voz de Ray Brito
Instituto Alcoa fomenta sustentabilidade…
A esquerda que não sabe quem é
Imprimir

Deixe um comentário

Current month ye@r day *