Ufopa sedia encontro de estudantes indígenas

Mais de 500 estudantes indígenas, de diferentes etnias e regiões do país, participarão do IV Encontro Nacional de Estudantes Indígenas (Enei), que ocorrerá de 15 a 19 de outubro de 2016, na Universidade Federal do Oeste do Pará. O encontro começa no sábado, dia 15, com ato público contra o genocídio indígena e os grandes projetos nacionais, a partir das 16 horas, na orla da cidade. Além de buscar fortalecer o movimento indígena nacional, o encontro visa também socializar experiências e pesquisas no ensino superior indígena.

Imprimir

O Enei tem por objetivo reunir estudantes indígenas e não indígenas.

SANTARÉM –  Mais de 500 estudantes indígenas, de diferentes etnias e regiões do país, participarão do IV Encontro Nacional de Estudantes Indígenas (Enei), que ocorrerá de 15 a 19 de outubro de 2016, na Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), nesta cidade.

O evento discutirá o tema “Diversidade Pluriétnica nas Universidades: Problematizando o Racismo”. O encontro começa no sábado, dia 15, com ato público contra o genocídio indígena e os grandes projetos nacionais, a partir das 16 horas, na orla da cidade.

A mesa de abertura do Enei também ocorrerá na orla, na praia em frente ao Museu João Fona, a partir das 19 horas, com a presença de representantes da Ufopa, Ministério da Educação, Ministério da Saúde, Governo do Estado do Pará, Diretório Acadêmico Indígena (Dain) e das Comissões Local e Nacional de organização do evento.

O Enei tem por objetivo reunir estudantes indígenas e não indígenas, de graduação e pós-graduação, além de pesquisadores e profissionais indígenas e não indígenas, das mais diversas áreas do conhecimento, para refletir sobre as práticas educativas em contexto intercultural, enfatizando diálogos de saberes, atuação profissional e educação superior.

Além de buscar fortalecer o movimento indígena nacional, o encontro visa também socializar experiências e pesquisas no ensino superior indígena, a partir da apresentação de estudos que envolvam os povos indígenas, com ênfase nas temáticas de Educação, Sustentabilidade e Territorialidade, Direito e Movimento Indígena, Saúde e Tecnologias.

PROGRAMAÇÃO O Enei prossegue no domingo, dia 16, a partir das 9 horas, no Auditório da Unidade Tapajós, com debate sobre o racismo institucional contra povos indígenas nas universidades e a importância do movimento estudantil indígena na academia.

À tarde, a partir das 14 horas, haverá rodas de conversas sobre temas como a participação de lideranças indígenas no processo de construção de uma nova universidade; e o papel das organizações indígenas frente à conjuntura político-econômica nacional e internacional. (Com informações da Ascom/Ufopa)

 

 

 

Leia também:
Reviravolta na eleição para Câmara, sai Otávio…
MRN oferece 65 vagas em Oriximiná para…
Alcoa apoia estudantes de Juruti em primeira…
Caminhada em defesa do igarapé Urumari
Pesquisa em neurociências investiga…

Imprimir

Deixe um comentário

Current month ye@r day *