Botos Tucuxi e Cor de Rosa encantam em apresentação para público reduzido

O embate entre os dois maiores símbolos da Festa do Çairé começou em 1997 e na edição deste ano eles travaram um duelo acirrado em busca do desempate. O Boto Cor de Rosa levou ao público o tema “A Arte do Som”, uma miscelânea de ritmos e sons da Amazônia, com destaque para o carimbó e o brega. O Boto Tucuxi tenta um inédito tricampeonato. A agremiação levou ao Lago dos Botos o tema “A Expressão do Çairé”, com aproximadamente 500 brincantes, já impactando o público com a chegada do apresentador em um grande camaleão, que se movia por meio de articulações.

Imprimir

O público reduzido torceu muito para os dois botos no Çairódromo

SANTARÉM - Em uma noite especial em meio ao calor tipicamente amazônico nesta época do ano, a Festa do Çairé, realizada na Vila Balneária de Alter do Chão, a 30 km desta cidade, na região oeste do Pará, foi prestigiada para um público muito aquém do esperado para ver a disputa entre os Botos Tucuxi e Cor de Rosa, na estrutura montada no Lago dos Botos. O embate entre os dois maiores símbolos da região começou em 1997 e na edição deste ano eles travaram um duelo acirrado em busca do desempate.

O Cor de Rosa foi o primeiro a se apresentar. Tentando quebrar um jejum de títulos que não vem desde 2014, o Boto Rosa levou ao público o tema A Arte do Som”, uma miscelânea de ritmos e sons da Amazônia, com destaque para o carimbó e o brega.

Os personagens que compuseram as apresentações foram um show à parte. O apresentador e o cantador oficial iniciaram os trabalhos. O cantador apareceu em uma grande alegoria de águia, que sobrevoou o Lago dos Botos. A evolução do Cor de Rosa, com destaque para as Rainhas do Çairé e do Lago Verde, até o grande momento quando surge o boto encarnado de dentro de uma alegoria de Iara, a mãe d’ água, para seduzir a cabocla borari. A apresentação, que levou ao Lago dos Botos aproximadamente 700 brincantes, encerrou em grande estilo com a participação do puxador oficial do Boi Caprichoso, de Parintins (AM), David Assayag.

A rainha Maria Eulália do Cor de Rosa saúda o público presente

“Hoje o Cor de Rosa se apresentou maravilhosamente. Foi uma apresentação de campeão, todos ficaram em êxtase com o que viram em Alter do Chão”, relatou a turista Aldanete Fernandes, que há 10 anos vem do Espírito Santo, na região Sudeste, acompanhar o Boto do seu coração.

Nas primeiras horas deste domingo (24), o Tucuxi entrou em cena. Atual bi-campeão (2015 e 2016), o Boto Cinza tenta um inédito tricampeonato. A agremiação levou ao Lago dos Botos o tema “A Expressão do Çairé”com aproximadamente 500 brincantes, já impactando o público com a chegada do apresentador em um grande camaleão, que se movia por meio de articulações. As alegorias chamavam a atenção do público, principalmente pela proposta em valorizar os rituais religiosos das culturas indígenas. A sedução do boto foi um dos destaques, junto com a evolução das Rainhas do Çairé, Lago Verde e do Artesanato.

“Sem dúvida, o Tucuxi mostrou a verdadeira expressão dessa festa. O Çairé é isso, o sagrado misturado com o profano, é essa mistura de sons. Acredito que o título já é nosso”, festejou a torcedora Maria Benevides, de Santarém.

O boto Tucuxi espera por vitória na apuração de hoje

APURAÇÃO Incorporado ao Çairé no ano de 1997, mas com disputa apenas em 1999, o Festival dos Botos completa 20 anos e esta edição será marcada pelo desempate, já que ambos têm nove títulos. O grande campeão será conhecido nesta segunda-feira (25). A apuração, com a leitura das notas dos jurados, começa por volta das 16h em Alter do Chão.

Os Botos foram avaliados com notas que vão de 7 a 10 nos quesitos: apresentador; cantador; rainha do Çairé; cabocla borari; curandeiro; rainha do artesanato; boto homem encantador; boto animal evolução; rainha do Lago Verde; carimbó; conjunto folclórico; alegorias; letra e música; ritual; torcida e sedução do boto. (Secom)

 

 

 

Leia também:
Festa do Çairé tem tradição e religiosidade
STM condena oficiais do Exército e civis por fraudes…
Drone ajudará PF combater crimes ambientais
HRBA abre vaga para analista de laboratório
Ufopa nomeia novos professores para atuar…
Imprimir

Deixe um comentário

Current month ye@r day *