Promotora faz busca e apreensão na Sespa

A operação é comandada pela promotora Maria Raimunda Tavares. A busca e apreensão tem o respaldo da Justiça, via 6ª Vara Criminal de Santarém. O mandado leva a assinatura do juiz João Ronaldo Corrêa Mártires. Documentos e objetos guardados na sede do Sespa/9º Centro Regional de Saúde, próximo à igreja de S. Sebastião, também foram apreendidos pelo MP. A operação tem ligações com a exoneração, por suspeita de corrupção, da ex-diretora da Regional Sespa, Eliane Caldas. Ela foi indicada para o cargo pelo deputado federal multiprocessado Lira Maia (DEM).

Imprimir

 

Carros do Grupo Tático da PM, em frente ao Fórum antes de sair para a Sespa

Blog do Jeso

SANTARÉM – A Sespa, Regional em Santarém, está sendo alvo de uma devassa por parte do MP (Ministério Público) do Pará neste momento.

Sob a escolta da PM (Polícia Militar), o MP esteve há pouco no almoxarifado da repartição, na Silvino Pinto com Marechal Rondon, apreendendo documentos, pastas, computadores e similares.

A operação é comandada pela promotora Maria Raimunda Tavares.

A busca e apreensão tem o respaldo da Justiça, via 6ª Vara Criminal de Santarém. O mandado leva a assinatura do juiz João Ronaldo Corrêa Mártires.

Documentos e objetos guardados na sede do Sespa/9º Centro Regional de Saúde, próximo à igreja de S. Sebastião, também foram apreendidos pelo MP.

A operação tem ligações com a exoneração, por suspeita de corrupção, da ex-diretora da Regional Sespa, Eliane Caldas. Ela foi indicada para o cargo pelo deputado federal multiprocessado Lira Maia (DEM).

No início deste mês, o MP ajuizou ação de improbidade administrativa contra a bioquímica na 8ª Vara Cível de Santarém.

Imprimir

Deixe um comentário

Current month ye@r day *