Juiz mantém reintegração de área da Buriti

O juiz da 3ª Vara Civel e Empresarial de Santarém, Laércio Ramos, manteve a liminar que determina a desocupação de uma área de terras na rodovia Fernando Guilhon, próximo ao Rio Tapajós Shopping. O local, pertence à empresa Buruti Empreendimentos, e foi invadido por cerca de 300 pessoas, que se recusam a desocupar a área. Depois de receber uma comissão dos posseiros o juiz afirmou, em sentença, que os documentos carreados [nos autos do processo pelos ocupantes] não se revelam suficientes para ensejar a revogação/suspensão da medida liminar.

Imprimir

 

Os posseiros estiveram no início da semana fazendo manifestação em frente ao Fórum de Santarém

Blog do Jeso

SANTARÉM –  Em decisão proferida ontem, dia 30, o juiz da 3ª Vara Civel e Empresarial de Santarém, Laércio Ramos, manteve a liminar que determina a desocupação de uma área de terras na rodovia Fernando Guilhon, próximo ao Rio Tapajós Shopping.

No local, pertencente à empresa Buruti Empreendimentos, moram cerca de 300 pessoas.

Com a manutenção da liminar, estima-se que até dezembro a reintegração de posse da área.

“Os documentos carreados [nos autos do processo pelos ocupantes] não se revelam suficientes para ensejar a revogação/suspensão da medida liminar, eis que não trazem indicativo seguro de posse lícita dos demandados sobre a área ocupada e nem afastam, numa análise perfunctória, os requisitos do art. 927 do Código Processo Civil, estes já reconhecidos em decisão anterior, fazendo-se imperiosa a manutenção da decisão que deferiu a reintegração liminar de posse”, destacou o magistrado na sua decisão.

No início da semana, os ocupantes da área fizeram manifestação em frente ao fórum cobrando celeridade do juiz para o caso. (Com informações do Blog do Jeso)

 

 

Leia também:
Santareno toma posse na chefia do Ministério Público…
Senado amplia para 35% limite de desconto em folha…
Petrobras aumenta os preços da gasolina e do diesel
Presidente Dilma veta financiamento empresarial…
Juiz reúne com posseiros de área da Buriti
Usina do Tapajós poderá repetir ‘caos’ de Belo Monte…
Imprimir

Deixe um comentário

Current month ye@r day *