Feira Agropecuária encerra no domingo

Ao todo 80 expositores dos segmentos: agrícola, comércio e serviços, alimentação e educação participam da feira. Outros destaques são o 11º Leilão de Raças do Tapajós e o 5º Leilão Pérolas do Tapajós, oportunidades de os produtores renovarem o plantel através da oferta especial de touros e matrizes Nelore PO, vacas leiteiras, bubalinos, equinos, bezerros e novilha de cortes. Simultâneo com a feira agropecuária também acontecem o 4º Pet Show, a 8ª Feira da Produção Familiar, a Feira Flor, o 3º Festival do Milho de Santarém e a 2ª Festa do Feijão Manteiguinha.

Imprimir

A expectativa de movimentação financeira é de mais de R$ 25 milhões.

SANTARÉM- Termina no domingo, dia 14, a 39ª edição da Feira Agropecuária e Agroindustrial do Baixo Amazonas. Promovido pelo Sindicato Rural de Santarém esse ano os dias de exposição foram diminuídos visando maior concentração das atividades.

Ao todo 80 expositores dos segmentos: agrícola, comércio e serviços, alimentação e educação participam da feira. A expectativa de movimentação financeira é de mais de R$ 25 milhões, montante que deve ser alcançado a partir do fechamento de vários negócios entre os expositores e também com a venda de animais.

Para dar maior comodidade e segurança durante a feira foi estabelecido um esquema completo de trabalho que envolveu o Sindicato Rural de Santarém, a Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária, Secretaria de Saúde e uma empresa terceirizada de vigilância.

A Adepará (Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará) montou um posto de fiscalização na área do parque e está monitorando toda a documentação de acompanhamento dos animais que participarão da exposição, dos torneios, leilões além das provas equestres.

Somente foram autorizados a participar do evento os produtores que apresentaram: a GTA (Guia de Trânsito Animal), o Atestado Zoosanitário e ainda os Exames de Mormo e AIE (Anemia Infecciosa Equina). Os técnicos da agência também avaliaram o local de recepção dos animais, galpões de alojamento, cochos, fonte de água, currais e alimentação.

Durante os dias de eventos várias palestras serão realizadas dentre as quais a com o climatologista Ricardo Felício que abordará a questão do Aquecimento Global, a apresentação do Diagnóstico Situacional da Implantação de Boas Práticas Agrícolas em Santarém promovido pela TNC/ Sustenágil e ainda a Qualificação de carnes nobres através do Brangus como ferramenta genética tendo como o palestrante o zootecnista Guilherme Minssen.

Outros destaques são o 11º Leilão de Raças do Tapajós e o 5º Leilão Pérolas do Tapajós, oportunidades de os produtores renovarem o plantel através da oferta especial de touros e matrizes Nelore PO, vacas leiteiras, bubalinos, equinos, bezerros e novilha de cortes.

O rodeio deste ano reunirá 30 competidores oriundos do estado do Acre, Roraima, Amazonas (Manaus), Mato Grosso, São Paulo e Pará (Santarém, Novo Progresso, Rurópolis, Uruará, Altamira e Alenquer).

Simultâneo com a feira agropecuária também acontecem o 4º Pet Show, a 8ª Feira da Produção Familiar, a Feira Flor, o 3º Festival do Milho de Santarém e a 2ª Festa do Feijão Manteiguinha. (Com informações Ascom/Sirsan)

 

 

 

 

 

Leia também:
MP cobra melhorias em saneamento e…
Circuito Cultural MRN traz informação e…
MPF requisita dados para fazer pente fino…
Pará perde R$ 1,6 bi com violência no trânsito
Propaganda eleitoral fora do prazo vai ser…
Dnit deve recuperar trechos da Transamazônica…
Imprimir

Deixe um comentário

Current month ye@r day *